Inspiração

Cecília cantou uma música espontânea.
Elogiamos e perguntei:
– Nossa, que música linda, filha. Foi você que inventou?
– Não, foi o Papai do Céu que cantou essa música no meu coração.

(Cecília, 3 anos)