Lá na tribo

– Mamãe, pega meus lápis pra mim pintar, por favor?
– “Mim” não pega nada, porque “mim” não ser índio. Você por acaso é índio para falar assim?
– Não sou, mas queria ser, pra falar do jeito que eu quisesse.

(Lara, 5 anos)