Sabedoria

Um menino tentou bater no meu filho na escola. Nervoso, perguntei:
– E você não revidou, filho?
– Pai, eu gosto de luta, não de briga.

(Alexis, 4 anos)