Membros

– Gui, o que você aprendeu hoje na escola?
– Partes do corpo humano.
– Que partes você aprendeu?
– Olhos, boca, cabeça, pernas e “tênis”.

(Guilherme, 6 anos)

 
 
 

Quer dizer

Quando a Manu chegou em casa viu uma rosa vermelha dentro do copo e falou:
– Que linda, mãe. Quem te deu?
– Foi o tio Marcelo, filha.
– Quer dizer que ele te ama, né mãe?
Uma semana depois a Manu chegou em casa e viu um buque cheio de rosas vermelhas.
– Que linda, mãe. Quem te deu?
– Foi o tio Marcelo, filha.
– Quer dizer que ele quer casar, né mãe?

(Manuela, 4 anos)

 

Pseudônimo

Todo dia, quando faz a lição de casa, é a mesma coisa: Lorenzo precisa escrever o nome completo nomtopo da página. Certo dia, cansado de escrever a mesma coisa, ele me perguntou:
– Mãe, posso trocar o meu nome por Buzz Lightyear?

(Lorenzo, 5 anos)

 

Professora

A Cecília estava ensinando minha filha a falar:
– Sofia, fale lagartixa.
Eu ouvindo e respondi:
– Lagartixa é muito grande. Ela não consegue falar.
E a Cecília continuou:
– Sofia, então fale lagartixinha.

(Cecília, 6 e Sofia, 1 ano)

 

Futuro

Estávamos em casa jantando, Vitória olhou para mim e disse:
– Mãe, um dia você vai morrer e eu vou ficar sozinha?
– Não, Vitória! Se um dia eu morrer, você vai ficar com seu pai.
– Como diz a senhora “Deus me drible!”, porque meu pai não sabe fazer leite.

(Vitória Eduarda, 4 anos)

 

Personagens

Na tentativa de fazer a Clarinha parar de usar chupeta, perguntei:
– Clarinha, vamos brincar de jogar a chupeta pro gato?
– Vamos! Eu sou o gato!

(Ana Clara, 3 anos)

 

Inspiração

Cecília cantou uma música espontânea.
Elogiamos e perguntei:
– Nossa, que música linda, filha. Foi você que inventou?
– Não, foi o Papai do Céu que cantou essa música no meu coração.

(Cecília, 3 anos)

 

Opções

Gabriel estudando para a prova de religião:
– Qual o sacramento que une homem e mulher que se amam e querem constituir uma família?
– Penitência ou Matrimônio.

(Gabriel, 7 anos)

 

Ofensa?

– Vó Malu, mostrar o dedo do meio é feio?
– Sim, Vítor, bem feio. É como se você estivesse brigando com a pessoa.
– Então como eu vou mostrar para as pessoas que eu tenho 5 anos se não posso mostrar o dedo do meio?

(Vítor, 5 anos)